Sessão VolcomSurf

John John Florence é eliminado de cara no Volcom Pipe Pro

Depois do dia intenso de tubos ontem pelo Volcom Pipe Pro, Pipeline amanheceu gigante, mexido e imprevisível. Tão imprevisível quanto o resultado da bateria de estreia de John John Florence no evento, já no Round 4.

Depois de ser o primeiro a pegar uma onda na bateria (nota 1.00), o tetracampeão do Volcom Pipe Pro esperou até o último minuto pra fazer seu segundo score: uma esquerda rápida – leia: fechadeira – que ele chegou a percorrer um bom tempo por dentro. A onda mesmo incompleta lhe rendeu 2,45pt e a segunda colocação da bateria, até o paulista Robson Santos somar mais 1,33pt com um drop logo na sequência, faltando só 15 segundos pro final.

Robson e Noa Deane se garantiram pro Round 5 enquanto o grande favorito da etapa teve que voltar pra casa mais cedo (meia dúzia de passos à mais ao sair do mar, no caso dele).

“Tem muitas séries varrendo o line up no momento e toda hora você tem que desviar delas e voltar rápido pra tentar pegar uma pequena e perfeita no inside. Qualquer um pode se dar bem. Praticamente uma pessoa consegue um 5 e os outros tem que disputar notas 1 e 2 pelo resto da bateria. Eu não acho que seja um dia bom em Pipe, está grande demais.”John John Florence.

Assista ao Volcom Pipe Pro ao vivo.

 

Mais Recentes:

Akira Shiroma, Fs grind em SoCal

Durante a filmagem da tour da divisão latino-americana da Volcom

Akira Shiroma e a Volcom latina no sul da Califórnia

E participações especiais de Omar Hassan, CJ Collins e Collin Provost

Assista: “Listen Now, Misty Dawn” de Kai Neville

Com Dion, Creed, Taj, Chippa e o time Epøkhe

Semper Adversus | Ep.36 com Luís Português

Henrike Baliú trocando uma ideia e botando um som com o baterista do Sindicato Oi, e ex-Garotos Podres

Assista: Taylor Knox em Apply Pressure

Acredite se quiser: 46 anos de idade. BRABO!

Assista: 22, com Cam Richards

Ele já deu várias dicas, mas se você ainda não percebeu: esse cara quebra