As possibilidades de título mundial em Pipeline

Depois de mais uma performance impressionante em Portugal, e a vitória de mais uma etapa do WCT em cima de Italo Ferreira numa final histórica (que você assiste aqui), Filipe Toledo agora como vice-líder do ranking mundial tem grandes chances de ser coroado campeão mundial.

O Brasil protagonizou 8 de 10 finais realizadas no circuito este ano, sendo 5 delas vitoriosas, e como resultado disso temos além de Filipinho, Adriano de Souza (3º) e Gabriel Medina (4º) como nossos representantes na corrida pelo título mundial de 2015.

Lembrando que ao final do circuito as duas menores pontuações de cada surfista são descartadas, o que tira Italo Ferreira (atual 6º colocado) da corrida pelo título, já que descarta um 25º e um 13º, de maior pontuação que os dois 25º de Julian Wilson, atual 7º colocado e ainda com chances de título. Filipe Toledo também descarta dois 25º e por isso, caso Mick e Filipe passem a primeira fase do evento chegando ao 3º round, os dois estão empatados e quem terminar melhor colocado fica com o título.

Aqui está o que precisa acontecer no Pipe Masters, que tem início dia 8 de dezembro, para o caneco terminar nas mãos de um destes seis surfistas:

Se Mick Fanning terminar em… 25º ou 13º
Filipe Toledo precisa terminar em… 13º
Adriano de Souza precisa terminar em…
Gabriel Medina precisa terminar em…
Owen Wright precisa terminar em…
Julian Wilson precisa terminar em…

 

Layback TVSessão Hang LooseSurf